Domingo, 11 de Janeiro de 2004

Ode à Maria!

É uma pena n poder revelar ao mundo o quão és bela... e que para mim o poema do bocage, embora use formas rudes, se aplica a ti, que nem o sol se aplica num céu perfeito e azulado....
È uma pena que o mundo, n possa ver teus olhos fixos nos meus enquanto, as melodias do mundo, nos cantam hinos enquanto nos unimos... Enquanto enfim nos amamos, quando somos selvagens, quando somos apenas e só a forma mais perfeita e unica, quando somos um unico ser...
Quando nos ama-mos!
publicado por Ricardo Fernandes às 00:49
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Anónimo a 13 de Janeiro de 2004 às 23:32
Maria, para esse teu comentário, cheira-me que tens umas boas mamas...Longo
</a>
(mailto:Longo@sapo.pt)
De Anónimo a 11 de Janeiro de 2004 às 03:14
Parabéns Maria... Não é todos os dias!!http://moskonteiros.blogs.sapo.pt
(http://moskonteiros.blogs.sapo.pt)
(mailto:ysy@sapo.pt)
De Anónimo a 11 de Janeiro de 2004 às 00:53
ainda bem que o mundo não os vê, ainda bem que tb n consegue ver os teus pk assim essa troca de olhares é bela e apenas nossa!
Maria
(http://acozinhadamaria.blogs.sapo.pt)
(mailto:cozinhadamaria@hotmail.com)

Comentar post